Tô não tô

De copa em copa

A cada copa do mundo, é inevitável fazer uma retrospectiva e lembrar o que estava acontecendo no mundo nas edições anteriores. Já reparou como uma copa acaba e a próxima, que parece tão longe, de repente chega num piscar de olhos?! Vamos ver o que consigo lembrar das copas que já passaram:

2006. Onde era mesmo? Ah, na Alemanha. Passou quase despercebida essa Copa de 2006. Não lembro direito dos primeiros jogos. Só sei que resolvi chamar meus amigos pra assistir ao Brasil x França lá em casa e… já sabem o que aconteceu, né. Quanto a mim, tinha acabado de me formar em Jornalismo, estava no primeiro emprego, deslumbrada com aquele piso salarial que eu recebia! Alguns meses depois embarquei no Projeto Tocantins, de onde só saí em 2009, vejam só… Praticamente todo o tempo entre uma copa e outra passei no Tocantins torcendo para o tempo passar rápido para voltar para a civilização.

2002. Coreia do Norte. Jogos de madrugada, e nada como estar na faculdade! Cada jogo era motivo pra uma festa madrugada a dentro, e confesso que dormi em alguns jogos… A final começou a ser comemorada na noite de sábado e foi até o final da tarde de domingo! Eu estava namorando e imaginava que iria casar em 2010, eu acho. No tempo entre uma copa e outra, viajei pra Washington e Londres e não tinha nenhuma pressa de ver o tempo passar!

1998. Estados Unidos? Ah não, França, né? Esses jogos foram no auge da minha adolescência etílica. Assistimos a todos os jogos na praça de alimentação do Shopping de Floripa, sempre a mesma galera! Às vezes tínhamos qe ficar na fila da Pizza Hut convencendo algum maior de idade a comprar o chopp pra gente. Até que no Brasil X Holanda, na semi-final, foi que foi aquele sofrimento nos pênaltis. Quando o Brasil ganhou, houve uma explosão adolescêntica e a coitada da praça de alimentação veio abaixo! Cadeiras, bandejas, comida, mesa pra tudo quanto é lado, e suspenderam a transmissão do último jogo no Shopping. Por causa disso, não conseguimos nos reunir para ver a fina juntos e no mesmo lugar de sempre, foi cada um pra um canto e o Brasil perdeu a Copa. Eu tinha 16 anos e a Copa de 2002 estava muito distante: seria em outro século e eu já estaria na faculdade!

1994. Essa sim nos Estados Unidos. Aliás, por que diabos fizeram lá se lá ninguém gosta de futebol??? Como toda adolescente em início de carreira, assisti aos jogos em casa ou na casa de algum amiguinho. Conhecia todos os jingles criados pela coca-cola, guaraná, brahma, globo… e esse era nosso grito de guerra! Na final, assistimos no salão de festas do prédio, mas metade foi pra fora do salão porque os de dentro não paravam de falar besteira. Eu lemro que fui junto, mas acho que porque gostava do menino que teve a ideia :). Quando o Brasil ganhou, fomos todos pra parte da frente do prédio cantar todos os jingles e chacoalhar nossas bandeiras de plástico do Brasil! A Copa de 1998 parecia simplesmente não estar ao alcance do meu planejamento de longo prazo.

1990. Essa eu não sei onde foi. O que eu lembro dessa Copa se resume a:

  1. O jogo Brasil x Argentina na casa da Tia Soraia (a recreadora do prédio que cuidava da gente no contra-turno da escola). Provavelmetne ela não quis perder a chance de aproveitar os jogos e levou todo mundo pra casa dela! Ahahah. Certeza que eu faria o mesmo! Enfim, lembro que acompanhei o jogo entre uma brincadeira e outra e soube por alguém que tinha sido gol da Argentina, e que isso significava o fim da Copa pro Brasil.
  2. Na final dessa copa, eu estava brincando de alguma coisa na parte da frente do Prédio, e lembro de ir até a cabine do Porteiro pra descobrir o resultado do jogo. Ele me informou que a Alemanha tinha ganhado e fiquei feliz de não ter sido a Argentina!
  3. Copão da Pepsi

Eu tinha oito anos e nem tinha ideia de que a próxima copa do mundo seria dali a  quatro anos.

And this is as far as I can go.

Anúncios